29 jan 2019

Você sabe quais aplicativos e sites têm acesso à sua conta Google?

Dimítria Coutinho

por Dimítria Coutinho

5 min. de leitura
Você sabe quais aplicativos e sites têm acesso à sua conta Google?
Leia mais  Google Smart Lock: o faz-tudo que pode te ajudar com senhas e desbloqueios

Para facilitar algumas ações recorrentes que fazemos nos nossos smartphones, muitos sites e aplicativos pedem acesso a conta Google de seus usuários. Pode ser para fazer o login, para sincronizar com a agenda ou para obter contatos, por exemplo. E atire a primeira pedra quem nunca perdeu o controle sobre quais sites e aplicativos têm acesso aos seus dados. Aliás, muita gente nem pensa nisso. 

A boa notícia é que dá para gerenciar tudo isso, além de excluir o acesso de sites e apps suspeitos ou que estão sem uso ou atualizações há muito tempo. Mas, antes disso, é preciso entender o que significa permitir que um aplicativo ou site de terceiros tenha acesso à conta Google.

O que um aplicativo ou site pode ver da minha conta Google?

Para facilitar a transferência de dados, o Google permite que aplicativos e sites de terceiros possam acessar a conta Google de seus usuários – é claro, mediante consentimento. Embora o Google tenha medidas de privacidade para controlar o acesso de terceiros aos nossos preciosos dados, o mesmo pode não acontecer com essas aplicações. A gigante de tecnologia só fornece esse recurso de associação, mas não monitora quais sites e apps o utilizam, bem como o que fazem com esses dados

Existem vários níveis de concessão de dados para sites e aplicativos. O mais raso deles são as informações básicas de perfil. Esse nível é geralmente utilizado quando um site ou aplicativo oferece a possibilidade de fazer login com a conta Google, para facilitar o cadastro. A aplicação terá acesso somente a informações como nome, e-mail e foto de perfil.

O segundo nível é quando o usuário permite que a aplicação leia as informações da conta. Com essa concessão, o app ou site pode pedir para ler diversos dados, desde uma playlist no YouTube até contatos, fotos e históricos de compras.

Outros aplicativos podem solicitar um nível ainda mais profundo de acesso, podendo editar, fazer upload e criar conteúdo na conta Google em questão. Esse tipo de acesso é um pouco mais raro, e só costuma acontecer com aplicações que têm funções muito específicas. Exemplos dados pelo próprio Google são um aplicativo de edição de filmes que pode publicar diretamente na sua conta do YouTube, além de um app de planejamento de eventos que pode adicionar eventos à Google Agenda.

Mais raros ainda são aplicações que possuem acesso total à conta. Nesse caso, o usuário consente que o aplicativo ou site possa ver e alterar quase todas as informações da conta. As únicas ações que não podem ser feitas são alteração de senha, exclusão de conta ou transferência monetária pelo Google Play.

O que eu preciso estar atento quando concedo acesso à minha conta Google?

É importante lembrar que todas essas informações a respeito dos tipos de dados compartilhados são fornecidas quando um usuário concorda em conceder acesso à conta Google para determinado aplicativo ou site. E todo site ou aplicativo precisa pedir esse consentimento. Sabe aquela página cheia de textos que você nunca leu porque é longa e técnica demais? Pois é. Por isso mesmo, é sempre importante ler os detalhes do que está sendo concedido, assim como se atentar aos termos de uso de aplicativos e sites. Embora seja prático, nunca é bom sair aceitando tudo que vai facilitar a vida sem ler antes.

Leia mais  Phishing: como se proteger de ter os dados roubados
Leia mais  Entenda a nova lei brasileira de proteção de dados
 
Leia mais  Rastreamento de localização do Google: tudo o que você precisa saber a respeito

Outra questão bastante importante para procurar na hora de ler os termos de uso é a política de privacidade do serviço. Isso vai ajudar a ter uma ideia se a aplicação é, ou não, confiável. Antes de conceder acesso aos seus dados, é importante conhecer e confiar na plataforma.

Além disso, é interessante checar a reputação de segurança da aplicação. Quando você fornece os dados da sua conta Google para um site ou aplicativo, essas informações passam a integrar, também, a base de dados desse site ou aplicativo. Se o serviço não for seguro e, por exemplo, for invadido por hackers, os dados da sua conta Google estarão em perigo.

E é justamente por as informações passarem a integrar essa base de dados que, dependendo do serviço, elas ainda sejam compartilhadas com outras empresas. De novo, vale a pena ler os termos de uso e saber para que fins as informações estão sendo concedidas.

Como gerenciar aplicativos e sites associados à conta Google?

Se você já perdeu o controle sobre quais aplicações podem ter acesso à sua conta, o Google fornece uma ferramenta de gerenciamento. Na página Apps com acesso a sua conta, você encontra uma lista de aplicações com acesso à conta. Clicando em cada um dos sites ou apps, é possível ver o nível de concessão, além de dar para remover o acesso a qualquer momento. É importante lembrar que, mesmo removendo o acesso, talvez a aplicação já tenha salvo seus dados para si. Caso você desconfie de um site ou app, vale a pena entrar em contato e pedir a exclusão de seus dados.

O mesmo gerenciamento também pode ser feito via celular. No caso do Android, é preciso acessar as configurações Google (que pode ser um ícone separado ou pode estar dentro das configurações, dependendo da fabricante), e clicar em Conta do Google. Em seguida, vá em Segurança e, na seção Fazer login em outros sites, acesse Fazer login com o Google. Lá, irá aparecer a página de aplicativos e sites com acesso e, clicando em cada um deles, é possível visualizar ou excluir.

No caso de dispositivos iOS, é preciso acessar o Gmail, ir até o menu e clicar em Configurações, Sua conta e, depois, Gerenciar sua conta do Google. Se você não usa o Gmail, é só acessar este link. Os próximos passos são os mesmos que no Android: vá em Segurança e, na seção Fazer login em outros sites, acesse Fazer login com o Google. Pronto, a página de gerenciamento e exclusão de aplicações estará disponível.

Além do recurso de gerenciamento, o Google fornece, ainda, uma página de denúncia para os usuários. Sempre que você achar que um aplicativo ou site está usando indevidamente seus dados, é só realizar uma queixa nessa página.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *