Hanx Writer, o app que simula uma máquina de escrever

Clack, clack, clack, clack. Fiiiiiiiit. Clack, clack, clack, ding! Se você tem mais de 30 anos, já deve ter usado (ou brincado com) uma máquina de escrever, aquele assombro da engenharia humana que criou um processador de texto acoplado a uma impressora que nem precisa nem de eletricidade. Quer retomar a sensação de escrever em uma? Basta baixar o Hanx Writer, um aplicativo gratuito para iPad criado pelo ator Tom Hanks.

Tela do Hanx Writer, com o teclado de máquina de escrever. Crédito: Reprodução

Ele imita uma máquina de escrever nos mínimos detalhes, inclusive em todos os sons e com animações que evocam o movimento de colocar um papel na máquina, rodar a bobina etc. A experiência é mais agradável com um teclado Bluetooth acoplado, mas funciona bem com o teclado do próprio tablet.

O aplicativo vem com um modelo de máquina de escrever e funções básicas, mas permite que você salve o que escreveu em um pdf e mande por email ou salve no Google Drive, Dropbox, enviar para o Kindle e outros serviços, funcionando como um processador de texto bem básico.

Mas ele não ignora as facilidades da vida moderna. A tecla de backspace, que apaga o que já foi digitado, funciona normalmente, mas você pode desabilitar a função e ir na manha, como nos velhos tempos digitando XXXX em cima dos erros.

Um pacote extra de funções (que é pago) dá direito a mais dois modelos de máquina de escrever, mais moderninhos, suporte a múltiplos documentos, a possibilidade de trocar a “bobina de tinta” para azul e vermelho e alinhar o texto de três diferentes maneiras. Um detalhe divertidinho é que se você desabilita o som, as letras saem mais claras, como se você não estivesse fazendo tanta força para digitar. Mas a graça toda da coisa é o barulho, não é mesmo?

 

Carta do Tom Hanks explicando seu amor por máquinas de escrever e porque criou o app. Crédito: Reprodução.
Carta do Tom Hanks explicando seu amor por máquinas de escrever e porque criou o app. Crédito: Reprodução.

O app está fazendo sucesso: já chegou ao primeiro lugar na App Store no ranking dos aplicativos gratuitos, segundo o Mashable. Para os brasileiros, no entanto, o Hanx Writer tem um defeito grave: não há suporte para caracteres especiais ou acentos, o teclado é 100% americano. Até isso ser consertado, a única coisa que dá para fazer é brincar com a máquina de escrever, igual aos tempos de criança.

Siga o Ada no Twitter, Facebook e Instagram e assine nossa newsletter:

Apple divulga novo iOs 8 e OS X 10.10 Yosemite

Crédito: reprodução
Crédito: reprodução

Foram quase duas horas de piadinhas de programador, telefonemas e mensagens de texto ensaiadas, e muito blábláblá, mas veio a novidade: a Apple lançou hoje as novas versões de seus sistemas operacionais para computadores e dispositivos móveis, o OS X 10.10 Yosemite e o iOS 8, para iPhone e iPads, durante a conferência para programadores WWDC (WorldWide Developers Conference), em São Francisco.

As novidades não foram tão bombásticas quanto a mudança radical do design do iOS 7 no ano passado, mas a tendência de integrar todos os dispositivos foi definitivamente consolidada, e é fato: a Apple vai tentar matar aplicativos poderosos como o Whatsapp. Alguns rumores, como o aplicativo de fitness, foram confirmados, mas outros, como um smartrelógio como o do Google, ainda não. Também não foi dessa vez que atualizaram os Mapas, mas… PAREM AS ROTATIVAS: Siri em 22 novas línguas! Estamos tentando descobrir se português está entre elas. Por enquanto, vamos à principais novidades:

OS X 10.10 Yosemite

Crédito: reprodução
Crédito: Reprodução

Ficou parecidinho com o ioS 7, ícones mais chapados e transparências. Ganhou um centro de notificações como o do iPhone e do iPad, no qual podem ser instalados widgets. O software de email suporta anexos pesados, de até 5 gigasbytes (se o email do destinatário não suportar, o sistema automaticamente manda um link para download), e você pode rabiscar e marcar emails e anexos. O serviço de busca Spotlight agora faz buscas não só na máquina mas também na web.

Mas o que realmente chamou a atenção foi o recurso chamado Continuidade: agora o seu Mac, iPhone e iPad conversam entre si direto, sem precisar de interferência. Por meio dos serviços Airdrop (que reconhece dispositivos Apple nas redondezas) e iCloud (serviço de armazenamento de arquivos online da Apple), você pode começar a escrever um email no iPad, por exemplo, e terminar no Mac. Do mesmo jeito, se você estiver sem wifi, o Mac descobre sozinho se seu iPhone está por perto e conecta direto à rede 3G dele (hoje em dia, você precisa manter liberar via as configurações do Acesso Pessoal). A integração com o celular é tão grande que você pode mandar SMS (até para quem não tem iPhone) direto do celular e TCHARAM, também fazer ligações telefônicas.

iOS 8

Dessa vez, nenhuma grande mudança de design e sim pequenas melhorias que facilitam a vida do usuário. Siri vai poder ser acionada direto com um comando de voz, e ganhou versões em outros 22 idiomas (ainda não conseguimos confirmar se português está entre eles).

A central de notificações ficou mais interativa — vai ser possível responder a mensagens, por exemplo, direto dela ou da tela bloqueada. O teclado vai ganhar uma função conhecida pela turma do Android: previsão de palavras, o que vai facilitar bastante a digitação (e esse sim vai funcionar em português).

O aplicativo de Mensagens ganhou funcionalidades de grupo muito parecidas com o Whatsapp, entre elas a possibilidade de mandar arquivos de audio e vídeo e silenciar um grupo muito ativo. Já o email ganhou mais comandos de gestos, o que vai facilitar a vida para apagar e marcar emails.

O aplicativo de fitness também foi anunciado:  é o do ícone de coração da foto acima vai se chamar Health (e não Healthbook, como diziam os rumores), monitorará sinais vitais diversos e poderá ser usado com outros aplicativos de terceiros, como os de corrida da Nike. O aplicativo de Fotos vai ganhar busca, maior integração com o iCloud e recursos mais sofisticados de tratamento de imagem.

Também foram anunciados novos recursos para desenvolvedores, como melhor integração entre aplicativos (um software poderá usar recursos de outro — por exemplo, filtros do Instagram em outros apps de fotografia), melhorias para games e um pacote de recursos para apps de automação doméstica. Além de uma nova linguagem de programação para Apple, chamada Swift.

Ambos os sistemas operacionais serão gratuitos e estarão disponíveis a partir de setembro. Se você quiser testar o Yosemite antes de todo mundo, é possível se inscrever para um programa beta neste link aqui.

11 truques bacanas para iPhone

Cá entre nós, um iPhone (ou smartphone) funciona como um cérebro de várias maneiras. É uma extensão da nossa memória (quantos números de telefone recentes você lembra de cor e quantos amigos você jamais teria como contatar se sua lista de contatos fosse apagada?), raciocina e faz cálculos para você (levante a mão quem não vive sem a calculadora do celular!) e mais importante, exatamente como o cérebro, a gente nunca usa todo o potencial dessa maquininha.

O site americano Buzzfeed compilou uma lista de truques e manhas para iPhone e nós separamos as mais legais:

(E sim, a versão Android desse post tá no forno, não vamos deixar ninguém na mão!)

1 -Para carregar bateria mais rapidamente

Crédito: Natasha Madov
Crédito: Natasha Madov

Coloque o telefone em modo avião e ele carregará em metade do tempo. Tcharan!

2 – Troque seu código de bloqueio de tela de números para palavras:

Crédito: Natasha Madov
Crédito: Natasha Madov

– Vá em Ajustes > Código (fica no grupo de ajustes que começa com Geral)

– Desligue o ajuste que diz “Código Simples”

– Uma tela nova vai aparecer pedindo para que você mude seu código, junto com um teclado completo e você pode escolher uma palavra que faça mais sentido para você do que um grupo de números. Da próxima vez que você desbloquear sua tela, o teclado completo vai aparecer.

3 – Veja os horários que suas mensagens de texto foram enviadas

Serve tanto para iMessage quanto mensagens de texto normais. Simplesmente toque no balãozinho e puxe para a esquerda.

4 – Chacoalhe o aparelho para apagar o que você digitou e não quer enviar

foto 3foto 4

Se você digitou algo que se arrependeu antes de enviar, não precisa apagar letra por letra. Chacoalhe o telefone, e uma janela “Desfazer digitação” vai aparecer. Se você quiser recuperar o texto depois de desfeita a digitação, chacoalhe o aparelho de novo que aparece uma janela “Refazer digitação”.

5 – Veja sua agenda com mais detalhes

A visualização padrão do calendário do iPhone é a do dia, mas para ver rapidamente parte da sua semana, coloque o telefone na horizontal. (Mas só funciona se a orientação vertical do aparelho não estiver bloqueada).

6 – Ativar o Caps Lock

A gente vai contar, mas você vai prometer que não vai abusar das maiúsculas e ESCREVER TUDO ASSIM DE AGORA EM DIANTE, tá? É só tocar duas vezes no botão shift do teclado, aquela com uma setinha e pra voltar pro normal, um toque simples no Shift de novo. Se não funcionar, vá em Ajustes > Geral > Teclado e selecione Ativar Fixar Maiúsculas. Mas ó, lembra do combinado, tá?

7 – Cheque nivelamento do quadros e móveis

foto 2
Crédito: Natasha Madov

Precisa saber se aquele móvel, quadro, ou qualquer coisa está nivelado? Olha que utilidade boa para a Bússola. Depois de calibrá-la, deslize para a esquerda e descubra tudo que está torto na sua casa.  A tela fica verde apenas quando o celular estiver a 90 graus na vertical ou 180 graus na horizontal.

8 – Proteja compras de aplicativos com senha

Crédito: Natasha Madov
Crédito: Natasha Madov

Particularmente útil para quem tem filho pequeno que adora aplicativo infantil espertinho. Vá para Ajustes > Geral > Restrições, acione Ativar Restrições, crie um código (de preferência diferente do código de bloqueio do seu telefone) e desabilite “Compras dentro do App”. Também serve para quem não tem auto-controle com joguinhos e quebra a banca comprando mais vidas e dicas.

9 – Três truques da Câmera

Mantenha o obturador da câmera do iPhone (aquele botão redondinho) pressionado para tirar fotos em sequência e salvá-las todas no celular. Especialmente útil ao fotografar coisas em movimento (como bebês e pets)

Já para evitar fotos tremidas, é legal segurar o telefone com mais firmeza e tirar as fotos usando o botão de volume de cima (o mais perto do botão de mudo), que também funciona como obturador. Assim, você consegue segurá-lo quase como uma câmera normal.

Agora vamos ensinar o grande truque do selfie: o fone de ouvido. Plugue o fone de ouvido (o da Apple, que vem com o iPhone) no telefone, e pressione o mais no botão de volume para clicar fotos. Desse modo você não precisa ficar esticando o braço e fazendo malabarismo para tirar fotos de si mesma. 😉

Tem outras dicas e macetes? Conte nos comentários!

Cloak traz o modo incognito para a vida real

A essência das redes sociais sempre foi aproximar pessoas de amigos, da família, dos colegas e, às vezes,  de gente nem tão querida ou necessária na nossa vida. Mas e se fosse possível evitar um encontro com o seu chefe em um festival de música, ou com o ex em uma exposição através do seu celular?

Conheçam o Cloak (apenas para iOS): um aplicativo que usa a sua localização para te avisar sobre os perigos do mundo offline. Por enquanto, ele só cruza os dados de Foursquare e Instagram, mas quando todas as contas estão conectadas no app, ele mostra uma lista de amigos que estão por perto. Marque alguém e você será avisada cada vez que a pessoa estiver perto demais. Olha só como ele funciona:

  screen568x568screen568x568 (1)screen568x568 (2)

O projeto é do ex-diretor criativo do Buzzfeed, Chris Baker. Nessa pegada anti-social ele também inventou o Rather, uma extensão de Google Chrome que permite trocar conteúdo indesejado do Facebook  (fotos de bebês, celebridades, BBB, spoilers) por temas que sejam mais do agrado do freguês (como gatos, por exemplo, ha).

(Crédito das imagens: Reprodução)

7 aplicativos que vão melhorar sua produtividade

1) Pocket

pocket3pocket1pocket2

Perfeito para guardar todas as coisas interessantes que cruzam o nosso caminho na internet e não temos tempo de ver naquele minuto. Um vídeo legal que alguém enviou, uma matéria mais longa que você quer ler com calma, um tutorial de maquiagem com um milhão de passos: o Pocket armazena tudo isso em um só lugar. O aplicativo é fácil de usar e sincroniza perfeitamente entre o computador e o smartphone. A versão web funciona muito bem, mas vale a pena baixar a extensão para o Chrome, assim, cada vez que algo te interessar você só precisa clicar em um botão. Além de prático, o design é lindo.

Para iPhone, Android, GRATUITO.

2) Clear

clear 3clear1clear2

Se aplicativo tivesse gênero, este seria um macho-alpha. Ele cria listas simples e sem frescura, mas com um design lindo, de uso intuitivo e fácil de gerenciar. Funciona muito bem para lista de tarefas, mas como ele permite criar categorias diferentes, serve para qualquer outra coisa: lista de filmes para ver, dicas de restaurantes, lista de supermercado, coisas para colocar na mala, etc.

Para iPhone, US$ 4,99.

3) Tell me later

tell me later1tell me later2tell me later3

Indicado para pessoas com péssima memória recente e que precisam de uma ajuda para lembrar de coisas a curto prazo. Sabe aquela ligação que você tem que retornar em uma hora? Ou a roupa que você precisa buscar na lavanderia ao sair da academia? Marque um horário e o aplicativo te avisará. É melhor do que o alarme do seu telefone, porque no Tell me later é mais rápido e simples acrescentar um lembrete.

Para iPhone, US$ 0,99.

4) TripIt

tripit 1tripit 2tripit 3

Seja você uma jetsetter ou não, é sempre muito trabalhoso manter todas as informações de uma viagem em um só lugar. O TripIt é um organizador de viagens, com o benefício de que nele os detalhes não precisam ser acrescentados manualmente. É só conectar a sua conta de email no seu perfil e encaminhar todas as confirmações de reserva de hotéis, passagens, aluguel de carro, passeios ou reservas de restaurantes para plans@tripit.com. O sistema deles interpreta as informações e categoriza tudo por ordem cronológica, com localizadores, endereços e alarmes de horário. Além disso você pode se conectar com outras pessoas e mantê-las avisadas sobre a chegada do seu vôo. Ótima versão web.

Para iPhone, Android, GRATUITO.

5) The Vault

the vault

O aplicativo de notas do seu smartphone com certeza funciona para muitas coisas, mas não para assuntos que exigem uma certa privacidade. O The Vault quer ser o cofre do seu smartphone: nele você pode salvar todas as suas senhas de cartão de crédito, fotos comprometedoras, arquivos e PDFs secretos.

Para iPhone, GRATUITO.

 6) Workflowy  

workflowy 1workflowy 2workflowy 3

Se você precisa escrever um texto longo, descrever um processo de muitos passos, criar um fluxo de pensamento ou concatenar algumas ideias, o Workflowy é perfeito pra isso. Além de clean e simples, o uso é muito intuitivo e ajuda a segurar a concentração por não ter muitas firulas e funcionalidades. A versão web é quase espartana, mas funciona muito bem.

Para iPhone, Android, GRATUITO.

7) Gift Plan

gift plan 1gift plan 2gift plan 3

Família grande, muitos amigos no Facebook ou uma lista de clientes para bajular? Este app permite organizar as datas de aniversários e definir presentes para todos os que merecem. Você pode importar o calendário do seu Facebook, salvar informações de tamanhos ou preferências para cada aniversariante e receber alertas semanas ou dias antes do evento.

Para iPhone, US$ 2,99.

* Recebemos duas dicas ótimas das nossas leitoras através da nossa página do Facebook:

Wunderlist

wunderlist2

É um bom app de listas e também funciona como o Tell me later. Bem democrático, funciona em todos os devices com sync lindo. Dica da Helena Nacinovic.

Para iPhone e Android, GRATUITO.

Note Plus

note plus 1 note plus 2

Ótimo para quem tem tablet, funciona como um caderno do futuro: além de permitir escrever com a caneta e depois converter para texto, o app também tem gravador de áudio e permite organizar o conteúdo por pastas. Perfeito para usar na aula, já que ele permite fazer anotações enquanto grava a voz do professor. Sugestão da Lucí Castor de Abreu.

Para iPhone, US$9,99.

(Crédito de todas as imagens: Reprodução)

Vazamento de tela do novo iOS 8 para iPhone vai ter app de fitness e novos mapas (aleluia!)

Novos apps do iOS 8
Crédito: reprodução Weibo via 9to5Mac.co

O novo iOs 8 para iPhone vai ter novos aplicativos e uma reformulação do Apple Maps, para tentar competir de verdade com os consagrados mapas do Google .

Segundo o site 9to5Mac, fotos da tela do novo sistema operacional do iPhone, que é esperado para junho de 2014, vazaram na rede social chinesa Weibo. Nelas, dá para ver alguns novos apps que já existem no Mac, como o Preview (Pré-Visualização, em Português), TextEdit (Editor de Texto), que devem ajudar a vida de quem armazena documentos e fotos no iCloud.

As imagens ainda mostram dois novos aplicativos, o Tips e o Healthbook. Este último parece um passo da Apple na direção dos apps de ginástica e bem-estar. Ainda segundo o 9to5Mac, o novo app do iOS não só vai monitorar gasto calóricos e outras métricas de fitness, como pressão vascular, batimentos cardíacos, níveis de glucose e hidratação, etc. Ele também vai permitir que o usuário coloque dados sobre as medicações que toma normalmente e receber lembretes para não esquecer seus remédios. Patente sobre essa tecnologia a Apple já tem, mas ainda não está claro se essa funcionalidade vai aparecer nos novos modelos do iPhone ainda este ano.

Outra mudança prevista para o iOS 8 é um novo Apple Maps. Depois de tirar os mapas do Google do iOS com uma versão própria cheia de problemas, a empresa tenta recuperar a confiança dos usuários com uma atualização de seus mapas que inclui rotas de transporte público, cartografia mais amigável e pontos de interesse bem localizados. Tudo bem que ainda dá para usar o Google Maps no iPhone com um aplicativo próprio, mas como vários outros programas entram direto no Apple Maps, estava na hora de uma melhoradinha no sistema.

Veja abaixo as telas completas que circularam pelo Weibo:

ios-8
Crédito: reprodução Weibo via 9to5mac.com